top of page

Falsa Medideira - Lagartas da Soja

Dando sequência na série sobre as Lagartas da Soja, depois da Helicoverpa, agora vamos falar sobre a:

Falsa-Medideira:

A Chrydoseixis includens é conhecida como falsa-medideira por possuir apenas três pares de falsas pernas posteriores, fazendo com que a locomoção seja como se estivesse medindo um palmo. O ataque também ocorre em outras culturas, como feijão, gergelim, tomate e trigo. As lagartas que eclodem são de coloração verde-clara, com listras longitudinais brancas e pontuações pretas. O adulto possui asa acinzentada, com estigma e mácula prateados, contornados de marrom escuro brilhante. Nota-se ainda que a parte basal da asa é mais clara. Os ovos são colocados isoladamente na superfície das folhas e apresentam coloração verde. As lagartas são verdes, com uma linha dorsal de coloração branca. A pupa é marrom-esverdeada e encontra-se nas folhas enroladas, presa por fios de seda. O ciclo biológico da falsa-medideira dura, em média, 25 dias.


Identificação: Caracteristicamente, se deslocam como que medindo palmos, são de cor verde-clara com listras longitudinais brancas e pontuações pretas. A falsa-medideira pode ser geralmente encontrada na parte abaxial das folhas.

Danos: As lagartas atacam as folhas, raspando-as enquanto são pequenas, ocasionando pequenas manchas claras. À medida que crescem, ficam vorazes e destroem completamente as folhas, podendo danificar até as nervuras e hastes mais espessas. Se não controladas, podem causar severa redução da produtividade.

Controle: O controle químico desta lagarta - quando ocorrendo só ou associada à lagarta-da-soja - deve ser feito quando forem encontradas, em média, 40 lagartas grandes por pano de batida. Ainda, se a desfolha atingir 30% até o final do florescimento, ou 15%, tão logo apareçam as primeiras flores. Recomenda-se o uso de produtos registrados para a cultura.


Arculano, Coordenador de Campo da Sementes Mutuca comenta: "Primeiro, nós controlamos [a falsa-medideira] com o inseticida (Methoxyfenozide), depois outro inseticida (Teflubenzurom) no monitoramento - que são mais fisiológicos. Se escapar algumas, usamos um acaricida/inseticida (Clorfenapir) que é mais de choque."




Referências:

 

Juntos, fortalecemos o agronegócio com cada semente que plantamos.

Quer saber mais? | Facebook | Instagram | YouTube | LinkedIn

137 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page